Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Solitariedades passadas
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

3 de junho de 2008
Gravatas
Ok, isto pode ser uma cena totalmente de gaja, mas se há coisa que eu detesto é estar num sítio e encontrar um gajo com uma gravata igual à minha.

Eu esforço-me para comprar as mais espampanantes, mas parece que mesmo assim há algumas pessoas com ideias semelhantes.

Vou trancar-me aqui na sala e não saio hoje!

A ouvir: Slayer - Live Undead
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
14 solitariedades alheias:

kitty disse...

Pois as senhoras têm esse problema! Não pensei que os homens reparassem sequer nisso, que engraçado. MAs realmente é muito chato!

3 de junho de 2008 às 11:26
Djinn disse...

Olha tenho lá para casa umas cortinas com padrões giros! Posso sempre fazer-te umas gravatas!! :P:P:P:P
Pelo menos...são originais!

3 de junho de 2008 às 11:46
Bombocaa disse...

Olha não ligo nada a isso...nunca compro o exclusivo
:)
mas se as gravatas são assim tão espampanantes tira lá umas fotos...e mostra-nos
8é q se forem cm os boxers...uiui)
:)
kissinhosssssss

3 de junho de 2008 às 12:37
Requiem disse...

kitty: Eu falo por mim, não sei se o resto dos homens repara ou não. Eu reparo e não gosto. Mas pronto, se calhar sou eu que não sou "normal".

djinn: Duvido que sejam suficientemente espampanantes. Mas se tiveres algo que aches que vale a pena, força.

bombocaa: Fotos? Oh pá, os boxers foi só para aguçar o apetite, agora mais fotos de peças de roupa passam a custar dinheiro.

3 de junho de 2008 às 12:47
Eu, ela e tu disse...

Tira a gravata, despe a camisa, e fica assim, aposto que muito melhor

beijo!!

3 de junho de 2008 às 15:26
Requiem disse...

Eu, ela e tu: E aposto que o cliente ia adorar.

3 de junho de 2008 às 15:28
vita disse...

Se for uma cliente..até pode gostar..;)

3 de junho de 2008 às 16:18
Requiem disse...

vita: É um gajo, ainda por cima careca...não faz bem o meu género e não arrisco não vá ele entusiasmar-se...é que a ser pago à hora já eu estou!

3 de junho de 2008 às 16:21
crissy disse...

Estranho - nunca pensei que os homens reparassem nisso!!! Olha - ue mandava-te a minha Maria do Carmo que quer convencer o meu apêndice a usar as mãos dela e não consegue - há homens que ainda não descobriram as boas coisas da vida - lol - mas ela ainda via estar por Tomar! beijinhos!!!

3 de junho de 2008 às 19:03
Sadeek disse...

Isso não é, definitivamente, nada másculo!!

AAHAHAHAH

4 de junho de 2008 às 12:01
ebernardo disse...

Achas as tuas gravatas espampanantes ?!?!?
Nãoooooooo possso !!!! ;);)

E sim... és meio gaja nessas coisas o que não é necessariamente mau ! Só revela o teu lado sensível (hihi)

Lembremo-nos, a moda não sendo de criador, é feita em série.

beijinhos
eb

4 de junho de 2008 às 12:04
Requiem disse...

Crissy: Como disse, não sei se os outros homens reparam, mas eu reparo e não gosto.

Sadeek: Eu sei, e preocupa-me. Se calhar estou a virar gaja.

4 de junho de 2008 às 12:05
Requiem disse...

EBernardo: Veja lá não lhe caia um dentinho com tanta piada. :D :D :D

Agora começou o boato que sou meio gaja...tou lixado.

Vou começar a meter posts a falar de arrotar, cuspir para o chão e coçar os tintins a ver se a coisa passa.

4 de junho de 2008 às 12:07
Anita :) disse...

Para as meninas é pior...e, a mim já me aconteceu ir tabalhar e, encontrar a minha colega de trabalho com um vestido igual ao meu...

fui logo a casa na hora de almoço trocar de roupa ehehehe:))

mullheres...

Bjos

4 de junho de 2008 às 13:38
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)