Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Solitariedades passadas
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

17 de junho de 2008
Hoje
Hoje o menino não está muito bem disposto.

Para começar ontem esqueci-me do livro que estou a ler no escritório, por isso nada de leitura no comboio, nem ontem, nem hoje de manhã.

Depois passei uma hora na Worten para conseguir ser atendido e finalmente comprar o PC para os meus pais.

Depois quando me fui deitar não reparei que a persiana estava aberta e as cortinhas abertas, resultado, hoje às 6 e tal da manhã acordei com o sol nas trombas.

Portanto a ver se as coisas começam a correr um bocadinho melhor...

A ouvir: Dream Theater - The Mirror
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
14 solitariedades alheias:

GATA disse...

Acontece aos melhores! :-)

Também aproveito para ler na viagem de comboio para casa MAS no caso de me esquercer do livro tenho sempre o MP3! Também tenho que dormir na mais profunda escuridão (marcas da minha fase 'vampirica'...)

CHEER UP!

17 de junho de 2008 às 10:44
Requiem disse...

Eu tinha o MP3, mas uma viagem de comboio sem livro para ler deixa-me deprimido, até parece que não sei o que hei-de fazer às mãos (às tantas já estava a tentar fazer um teatrinho de sombras, que infelizmente não teve grande aceitação por parte do público).

Vampirica? Já gosto de ti! :)

17 de junho de 2008 às 10:47
Avelã disse...

ja ta melhor o menino? :D

17 de junho de 2008 às 11:11
Requiem disse...

Não, o menino não está melhor. Tem sono e está irritadiço.

Infelizmente não posso dizer que é TPM. :P :P :P

17 de junho de 2008 às 11:17
Abobrinha disse...

Eu fui comida a noite toda. Infelizmente foi só por um mosquito. De manhã acordei com ele morto ao meu lado na cama... eu sou um perigo...

17 de junho de 2008 às 12:23
Requiem disse...

Abobrinha: Tomara muita gente ser comida uma horinha ou duas, quanto mais uma noite inteira. Mesmo que fosse por um mosquito.

17 de junho de 2008 às 12:25
Abobrinha disse...

Acabei de me lembrar que dei uma de Sharon Stone com o mosquito... eu sou má!!!! Mas ao menos ele morreu consoladinho!

17 de junho de 2008 às 12:32
Requiem disse...

Abobrinha: Sim, sim...contrariar-te é que não, nunca se sabe, podes ficar violenta. :P :P :P

17 de junho de 2008 às 12:33
GATA disse...

Bem, não sou vampira, ou seja não mordo... só arranho| :-) Mas na minha primeira juventude fui... errr... (não gozes ok???)... gótica!!! E frequentava o Bairro Alto, nomeadamente o Gráficos e a Juke Box... Pronto, agora já não gostas de mim... :-)

17 de junho de 2008 às 13:58
Requiem disse...

Gata: Antes pelo contrário... ;) Não tenho por hábito cuspir no prato onde comi, se é que me faço entender :) :) :)

17 de junho de 2008 às 14:23
GATA disse...

Ai! Ai! Ai! que nós já nos cruzámos noutra 'vida'... :-)

17 de junho de 2008 às 14:54
Requiem disse...

Ou noutra "unlife" ;)

A diferença é que a ti parece que te "passou" :P :P

17 de junho de 2008 às 14:55
vita disse...

O menino está irritado está? fez doi doi?
Umas boas palmadas nesse rabo e passava..;)

17 de junho de 2008 às 15:55
Requiem disse...

Vita: Sim, não e dispenso, respectivamente. Mas obrigado pela oferta na mesma. ;)

17 de junho de 2008 às 16:00
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)