Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Solitariedades passadas
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

3 de setembro de 2008
Bombeiros, boca, húmida
Sim à primeira vista parece a descrição de um filme porno de segunda categoria, mas juro que é real.

Esta foto foi sacada na sexta feira passada pelos lados da expo e despertou em mim toda uma nova mística. Se eu já achava que os bombeiros faziam um excelente trabalho, agora começo a ter alguma inveja...não são todas as profissões que têm direito a uso exclusivo de coisas como estas....


A ouvir: Metallic - Broken, Beat & Scarred
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
10 solitariedades alheias:

Abobrinha disse...

O que sei é que eu não falo contigo: isto seria digno de ir para o meu blogue!

"despertou em mim toda uma nova mística"... ... eu ia dizer qualquer coisa que envolvia "despertar", "mangueira" e "incêndio", mas é melhor estar caladinha, que isto ainda está muito quente da conversa do cemitério!

3 de setembro de 2008 às 11:44
Requiem disse...

Eu pessoalmente preferi a parte da coluna húmida! :)

3 de setembro de 2008 às 11:45
Djinn disse...

Então é por isso q ele postou a cena dos bombeiros para apagar o fogo ahahahah!
A boca fica seca quando a coluna está húmida? hmmmm ou será o contrário...diabo dos bombeiros!

3 de setembro de 2008 às 12:05
oxenbury disse...

podes sempre ir para os voluntarios..

3 de setembro de 2008 às 12:36
Requiem disse...

Já lá estive... :)

Mas acabei por me vir embora, acho que teve qualquer coisa a ver com falta de jeito para manejar a mangueira! :P

3 de setembro de 2008 às 13:05
Noiva Judia disse...

Parece mentira... Isto só neste país, lol!

3 de setembro de 2008 às 14:00
Requiem disse...

O que é que parece mentira? O que está lá escrito ou ser de uso exclusivo dos bombeiros? :P :P :P

3 de setembro de 2008 às 14:36
Joaninha disse...

Lá está são os soldados da paz meu caro, paz, paz, paz...hehehe!

Desta vez mando....






nada :)

3 de setembro de 2008 às 17:46
Cristina disse...

Isto é o quê?? Manual de conduta? :D

3 de setembro de 2008 às 21:14
Requiem disse...

Manual de conduta? Não...é badalhoquice mesmo! :)

3 de setembro de 2008 às 23:56
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)