Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Solitariedades passadas
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

10 de setembro de 2008
Post lamechas do mês
Ontem fui ver o que muito possivelmente será o meu lar num futuro (espero) muito próximo.

Ontem senti-me a dar um passo em frente.

Ontem senti o Karma a alinhar novamente e finalmente.

A ouvir: Fields of the Nephilim - Venus Decomposing
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
20 solitariedades alheias:

GATA disse...

Ai os Fields of the Nephilim!!!
O que eu gostava deles!
Há muitos anos vi um concerto deles num clube 'underground' em Londres!

PS: em relação ao post propriamente dito..."may bastet be with you"! :-)

10 de setembro de 2008 às 10:56
Abobrinha disse...

Estás a nidificar! Isso é bom! Estou na mesma onda e é... espectacular (dá é cabo da carteira)! Boa sorte!

10 de setembro de 2008 às 11:03
Djinn disse...

Acho que desta acertaste em cheio ;)
Penso que começou a mudar à algum tempo, tu é que não tens prestado atenção :)

10 de setembro de 2008 às 11:10
Requiem disse...

Gata: Obrigado ;)

Abobrinha: Eu lá tenho ar de passarito para nidificar? :P

10 de setembro de 2008 às 11:10
Requiem disse...

Djinn: Vai na volta e tenho andado distraído :P :P :P

10 de setembro de 2008 às 11:11
Djinn disse...

Vai na volta...

10 de setembro de 2008 às 11:14
L.M disse...

Ai e viver sózinho é mt bom, mas também tem alguns contras!! Mas depois não queres outra coisa!! ;)
Vais gostar!!

10 de setembro de 2008 às 11:23
Joaninha disse...

Parabens moço :)

10 de setembro de 2008 às 12:08
Requiem disse...

LM: Aposto que sim...

Joaninha: Obrigado moça :)

10 de setembro de 2008 às 12:12
aoutrarua@gmail.com disse...

Quando fui ver a minha cada nova, estava com uns amigos e um deles disse-me "Esta casa é a tua cara". Fiquei a olhar para ele com cara de "Escândalo!".
Descobri que ele é capaz de ter razão, mas ainda não lhe disse :-P

10 de setembro de 2008 às 13:19
Noiva Judia disse...

Espero que esse sentimento perdure mesmo depois de já estares. No meu caso, assim que me começou a pesar no orçamento e quando surgiram as rotinas normais... adeus encantamento. Mas é inegável que é óptimo termos o nosso cantinho.

10 de setembro de 2008 às 14:07
Requiem disse...

A Outra Rua: Não lhe digas...o gajo ainda fica convencidão!!! :)

Noiva: Não se trata de encantamento com a casa, é mesmo comigo.

10 de setembro de 2008 às 14:33
Tinta Permanente disse...

Desejo-te muita sorte e bom karma ...eh eh vai correr bem ;)

10 de setembro de 2008 às 14:54
Requiem disse...

Obrigado Tinta ;)

10 de setembro de 2008 às 15:04
Tinta Permanente disse...

Isto de mudar de casa tem muito que se diga em Portgal... não devíamos andar com os móveis atrás (por exemplo)... apenas um abat-jour e uma velha cadeira de braços (herança da avó), lol

10 de setembro de 2008 às 15:52
Abobrinha disse...

Encantamento contigo mesmo é mais importante que propriamente o encantamento com a casa. Como te disse, estou na mesma onda, por isso compreendo-te... e é tão bom!

10 de setembro de 2008 às 16:02
mik@ disse...

o teu alinha-se e o meu continua o mesmo filha da mãe que teima em arruinar-me a vida e o sossego.
bjus

10 de setembro de 2008 às 18:55
Requiem disse...

Tinta: Eu nem isso levo... :P :P :P

Abobrinha: Qualquer diz tou aí um narcicista de primeira apanha.

Mik@: Tu cala-te!!! :P :P :P Tens lá idade para pensares essas coisas! ;)

10 de setembro de 2008 às 18:57
Jo disse...

Fico feliz por ti! Boa sorte :)

10 de setembro de 2008 às 20:37
Requiem disse...

Eu também fico feliz por mim... :)

Obrigado

10 de setembro de 2008 às 21:01
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)