Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Solitariedades passadas
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

24 de outubro de 2008
Guerra de Gravatas
Este senhor atreveu-se a insinuar que a gravata dele era mais bonita que a minha.

É guerra que ele quer? É guerra que vai ter...

Hoje tenho uma feita de "pele de Nemo":



Quem é que tem a gravata mais linda, quem é?

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
26 solitariedades alheias:

O pensador disse...

Eh pá...tens razão, até que é bastante engraçadinha...hehehehe

Mas falta-lhe assim um "je ne sais quoi" de...como explicar?
Talvez melodramático!
Nem sei bem se é Mostarda ou Ketchup...

:-)

(Ps: Lá vou eu ter que sacar a minha artilharia pesada...)

24 de outubro de 2008 às 11:18
NI disse...

Levas com a mesma resposta do Pensador.

Não me pronuncio para não ferir susceptibilidades.

:-)

Nota - É que eu, de repente, fiquei sem saber de que gravatas estavam a falar, ahahahahahah

24 de outubro de 2008 às 11:19
NI disse...

Pensador, deixa lá a artilharia em paz. Guarda-a para outras guerras, ahahahahah.

24 de outubro de 2008 às 11:20
Requiem disse...

Venha de lá essa artilharia pesada...

Só por isso vou fotografar a minha colecção toda!!!

24 de outubro de 2008 às 11:22
NI disse...

Não faltava agora mais nada. Andarem a mostrar a artilharia pesada.

Sinceramente...

Homens...

24 de outubro de 2008 às 11:23
mik@ disse...

riquemmmmmmmmmmmm tu mataste o nemo???

vou-me daqui chocada...

24 de outubro de 2008 às 11:25
GATA disse...

Bem, correndo o risco de não ter a tua companhia e ver o Andrew Eldritch & sus muchachos "all by myself", digo-te que gosto mais da gravata do outro senhor...

24 de outubro de 2008 às 11:25
Sadeek disse...

Genocida...pá...pele de NEMO?!?!

24 de outubro de 2008 às 11:30
Requiem disse...

NI: Sabes que nós gajos é logo a partir!!!

Mik@: Pois foi...encontrei o Nemo...e fiz uma gravata.

Gata: Deixa lá, não te posso culpar pelo teu mau gosto.

24 de outubro de 2008 às 11:31
Requiem disse...

Sadeek: HE HE HE...

24 de outubro de 2008 às 11:32
NI disse...

Ahahahahahah.

Partir?

Não te posso culpar pelo teu mau gosto?

Ai o pingo...

Acho que vou mesmo apanhar o Alfa.

:-)

24 de outubro de 2008 às 11:33
Requiem disse...

Apanha, apanha...eu prometo que te mostro as gravatas todas.

24 de outubro de 2008 às 11:34
mik@ disse...

qualquer dia tens uma gravata feita com pelo de gato não? se me começas a olhar de lado eu não sei que te faço :P

24 de outubro de 2008 às 11:38
NI disse...

Ahahahahahah.

Só preciso que me faças o jantar, eheheheheheh

24 de outubro de 2008 às 11:38
Requiem disse...

Mik@: Não sei se dava uma gravata gira, mas posso tentar! :P

NI: Está combinado!!!

24 de outubro de 2008 às 11:39
GATA disse...

Sim, admito que tenho mau gosto... por exemplo, gosto de ti :-)

(agora é que vou MESMO ver as Irmãs da Misericórdia sozinha!)

24 de outubro de 2008 às 12:01
Requiem disse...

Sozinha e com um braço ao peito, muito provavelmente.

Aliás, continua assim e vais mas é ver o Natal dos Hospitais ao vivo!!! :)

24 de outubro de 2008 às 12:02
Djinn disse...

Ni: eheheheh olha que não te arrepender :)

24 de outubro de 2008 às 12:03
mik@ disse...

não vais nada tentar :) dexa-te estar sugadinho sim? bjos

24 de outubro de 2008 às 12:10
Tinta Permanente disse...

Isto é renhido e cheira-me a empate...lol
Desonesto, Requiem, prometeste o teu lado subversivo ... lol

24 de outubro de 2008 às 12:14
Requiem disse...

Eu sei que prometi, mas lembrei-me que a reunião de hoje era com a adminsitração e optei por um pouco mais de sobriedade.

24 de outubro de 2008 às 12:22
Sadeek disse...

Já fui ao tasco do pensador pá...foste dizimado...HAHAHA

24 de outubro de 2008 às 15:08
vita disse...

A tua é gira, mas nada que me espante, és um puto giro..lol

Beijo rapidinho, ainda estrago a vista.;P

24 de outubro de 2008 às 15:45
Cristina disse...

Hahahahaha... o Requiem está a enganar-vos. O Nemo é demasiado pequenito para resultar nesta gravata. E sei o que digo, porque já vi o filme umas centenas de vezes. Cá para mim é pele falsa!

24 de outubro de 2008 às 15:54
Requiem disse...

Sadeek: Completamente pá!!!

Vita: Puto???? Só por isso já não gosto mais de ti!!!

Cristina: É Nemo artificial!!!

24 de outubro de 2008 às 16:05
Cristina disse...

Logo vi. Não me enganas!

24 de outubro de 2008 às 16:22
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)