Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Solitariedades passadas
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

15 de novembro de 2008
Discriminação
Ontem fui descriminado.

Ia muito calmamente a sair do escritório para ir levantar dinheiro ao multibanco e depois seguir para ir beber as imperiais do costume com a malta do escritório quando, ao virar da esquina oiço uma voz estridente aos gritos que de inicio nem me apercebi se dirigia a mim:

Os inimigos da cruz são muitos, mas Jesus Cristo irá espezinha-los. Os satânicos são imensos mas serão castigados por Deus.


Portanto, no espaço de 2 segundos e sem eu sequer lhe dirigir uma palavra a senhora, agarrada à sua bíblia e provavelmente ainda empolgada com a missa ali na igreja do lado, determinou que eu era um inimigo da cruz e satânico.

Primeiro pergunto a mim próprio o que terá despoletado essa certeza tão grande das mihas convicções que achou necessário partilhar com o resto do Chiado. Terá sido o meu modo de andar? O meu modo de vestir? O meu cabelo? Confesso que me visto de preto, tenho o cabelo comprido, uso um pentagrama ao pescoço, botas de biqueira de aço e um casaco comprido e com fivelas. Será isso que faz de mim um inimigo da cruz?

A seguir pergunto o que fazer nesta situação (e uma das opções foi o que eu fiz):

1 - Viro-me para a senhora e digo "irei atormentar as tuas noites até te fazer definhar e inchar a carne, até rebentarem pústulas no teu rosto, renegares o teu deus e aceitares Satanás como o único senhor"?

2 - Pergunto-lhe "desculpe, não foi Jesus que disse não julgues se não quiseres ser julgado? Não é a palavra do Senhor que prega a tolerância? A única coisa que posso dizer é «perdoa-lhe pai, pois ela não sabe o que faz»"?

3 - Desato-me a rir feito doido na rua e viro-lhe as costas?

Isto realmente acontece-me com cada uma...

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
19 solitariedades alheias:

aoutrarua@gmail.com disse...

ahahahah
A esperança dela é que por medo ainda te convertas a tempo da extrema unção (ou lá como se chama) ;-P

15 de novembro de 2008 às 16:14
Requiem disse...

O termo está correcto, mas agnóstico como sou duvido...

Mas já coisas mais estranhas acontecerem :)

15 de novembro de 2008 às 16:17
aoutrarua@gmail.com disse...

Coisas mais estranhas? Tipo acordar e ter mudado de sexo?
ahahahahhaha

15 de novembro de 2008 às 16:20
Requiem disse...

Por exemplo...aconteceu há pouco tempo no Santa Maria segundo li :) :) :)

15 de novembro de 2008 às 16:21
Bombocaa disse...

Eu voto na 2...
ehehehe

15 de novembro de 2008 às 16:30
Cristina disse...

Também voto na 2... a senhora merecia que um inimigo de Jesus Cristo (e soldado do demo, devo acrescentar) sabe umas coisitas... só para a deixar de cara à banda!

15 de novembro de 2008 às 17:22
HA disse...

espero que tenhas escolhido a 3... ninguem com tal calibre iria alguma vez compreender a necessidade das opcoes 1 ou 2. enfim...

15 de novembro de 2008 às 17:45
Pall Mall disse...

A tua reacção mais lógica seria a 2, mas teria mais piada se tivesses seguido a 1ª opção, e também, não me admiriaria nada se tivesses seguido a terceira.


É o que costumo dizer: quando vejo os evangélicos, só me aptece dizer que sou ateu!

15 de novembro de 2008 às 18:42
Jo disse...

1

15 de novembro de 2008 às 18:42
NI disse...

Bom, qualquer umas das opções está de acordo contigo. Mas parece-me que optaste por não perderes tempo e escolheste a 3ª hipótese.

:-)

15 de novembro de 2008 às 22:14
mik@ disse...

estou-te a ver na segunda hipotese. olha se fosse muito escuro a mulher ia desatar a correr rua fora com medo de ti... lool
ha com cada beata, jasus nao ha paciencia.
bjos

16 de novembro de 2008 às 11:53
sessaoexperimental disse...

ahahahahah...acontece-te de tudo...seu...seu...seu belzebu!! ahahahha

Podias ter respondido algum simpatico como isto....."espero que as hordas do mestre do desespero desçam se elevem perante nós no dia em que todos vós gente impia se curvará perante os desígnios do mal..." assim qq coisa fofa ahahahahah

abração pah!! ;)

16 de novembro de 2008 às 12:53
Restelo disse...

Eu nunca tenho capacidade de resposta a essas situações...

16 de novembro de 2008 às 21:32
O pensador disse...

Ó Requiem, mas afinal fostes "discriminado" ou "descriminado"???

Descriminar é ilibar alguém de um crime, sabias?

:-)))

17 de novembro de 2008 às 10:30
Sadeek disse...

Eu dizia "vá lamber o quinto membro de um cavalo sua beata"...mas isso era eu...HAHAHA

Abraçooooooooooooooooo

17 de novembro de 2008 às 11:13
Noiva Judia disse...

que tal pores as biqueiras de aço a bom uso? (esta foi mazinha, eu sei, mas ando com um humor péssimo, ultimamente).

17 de novembro de 2008 às 14:20
Requiem disse...

Bombocaa: Foi a terceira...afinal eu trabalho aqui ;)

Cristina: Eu acho que ela já tava meio à banda, pelo menos no cérebro

HA: Claro que sim :)

Pall: E eu que sou agnóstico é que levo com elas...

Jo: Tu és mazinha...

NI: Nem mais...

Mik@: Escuro? Foi só na rua mais clara e movimentada da baixa...

Sessão: Da próxima vez usso essa ;)

Restelo: Tambem és inimiga da cruz? HE HE HE HE HE

Pensador: Não ligues...é do trauma!!! :)

Sadeek: Olha aí está outra que posso usar...

Noiva: E sujar as botas? Nem pensar...

17 de novembro de 2008 às 15:10
Sadeek disse...

É melhor não...digo eu...senão nem o "belzebu" te safa...AHHAHA

17 de novembro de 2008 às 17:31
.: Moisés™ :. disse...

és um menino porque ficas-te calado!!!
ahahah

podias-lhes ter mandado para a p*** que as pariu!!! :D :P

ou então escolheria a 1ª :D

11 de dezembro de 2008 às 23:19
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)