Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Solitariedades passadas
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

11 de novembro de 2008
The Graveyard Book
Eu tinha dito que queria um destes não tinha?



Já cá canta...

A ouvir: Faith No More - Last Cup of Sorrow

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
20 solitariedades alheias:

NI disse...

Mais um de vampiros?

:-)

11 de novembro de 2008 às 14:42
Requiem disse...

Nobody Owens, known to his friends as Bod, is a normal boy.

He would be completely normal if he didn't live in a sprawling graveyard, being raised and educated by ghosts, with a solitary guardian who belongs to neither the world of the living nor of the dead.

There are dangers and adventures in the graveyard for a boy-an ancient Indigo Man beneath the hill, a gateway to a desert leading to an abandoned city of ghouls, the strange and terrible menace of the Sleer.

But if Bod leaves the graveyard, then he will come under attack from the man Jack—who has already killed Bod's family. . . .

11 de novembro de 2008 às 14:47
Jo disse...

E que tal?

11 de novembro de 2008 às 15:11
Requiem disse...

Calminha...eu só comprei o livro na hora de almoço... :) :) :)

11 de novembro de 2008 às 15:11
NI disse...

Ok. Já sei parte do argumento. Ahahahahahah

11 de novembro de 2008 às 15:39
Requiem disse...

Sabes tanto quanto eu :)

Claro que eu sei que gosto muito do que ele escreve... :)

11 de novembro de 2008 às 15:40
Djinn disse...

Gaiman...excelente!

11 de novembro de 2008 às 17:06
Requiem disse...

Sem dúvida...

11 de novembro de 2008 às 17:11
Tinta Permanente disse...

todo contente !

11 de novembro de 2008 às 18:16
Requiem disse...

Pelo menos satisfeito... :)

11 de novembro de 2008 às 18:16
Tinta Permanente disse...

requiem, tenho a barriga a rebentar

11 de novembro de 2008 às 18:19
Tinta Permanente disse...

das castanhas, fizeram um magusto no hall

11 de novembro de 2008 às 18:20
Requiem disse...

A barriga a rebentar?

Bolas!!! Não me digas que se te romperam as aguas!!!

11 de novembro de 2008 às 18:20
Requiem disse...

Ahhhh....das castanhas...fico mais aliviado.

11 de novembro de 2008 às 18:21
Tinta Permanente disse...

grávida, só por obra do espírito Santo , eh eh

11 de novembro de 2008 às 18:22
Requiem disse...

Não explicas!!!! :)

11 de novembro de 2008 às 18:24
mik@ disse...

hum.... tenho de comprar pra ler. nao conheço :(
bjo

11 de novembro de 2008 às 19:11
Requiem disse...

Desejo-te boa sorte...não vai ser fácil :)

11 de novembro de 2008 às 20:59
Sadeek disse...

Isto é em inglês ou português, Requiem?!?! Tu andas sombrio à brava, mano!!! Eu cá por mim pode ser o "O que não deve perder nas Maldivas - ilustrado"....AHHAHA

Abraçoooooooooooooo

12 de novembro de 2008 às 09:25
Requiem disse...

Este está em inglês, não sei quando surgirá uma versão em português.

12 de novembro de 2008 às 09:48
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)