Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Solitariedades passadas
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

30 de abril de 2008
Leituras - V
A Caixa em Forma de Coração - Joe Hill

Desengane-se quem pensa que é uma história sobre chocolates. É terror puro, psicológico e com bastante sangue.

Imagine-se que alguem vos vende um fantasma. Tudo bem? Não...o fantasma tem uma missão. matar-te! Não há reclamações, não há devoluções, não há trocas.

A narrativa arranca daqui, com um ritmo alucinante, como se o próprio autor estivesse desejante de saber o que vai acontecer, como se ele mesmo estivesse a fugir do fantasma que criou. Não há pausas, descrições desnecessárias, apenas uma sensação de fuga impossível até às últimas páginas.

Gostam de horror? Gostam de não saber como vai ser possível que o protagonista consiga evitar a sua morte e a dos que o rodeiam? Leiam!

A ouvir: Iron Maiden - Rime of the Ancient Mariner
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
29 de abril de 2008
Maio queria viver no Porto
É pena ser tão longe porque senão com toda a certeza que lá ia em Maio (várias vezes).

Este ano celebram-se os 30 anos de amizade Porto-Nagasaki com uma série de eventos de fazer crescer àgua na boca para quem, como eu, tem uma fixação pelo Japão.

Quem estiver mais perto que eu pode saber mais detalhes no site da C. M. do Porto.

E se forem, depois passem por aqui para contar como foi.

A ouvir: Juanes - Ámame
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Dia Mundial da Dança
Podia dizer que a dança é algo que nos acompanha desde sempre, que é dos melhores modos de nos exprimirmos, que é isto, que é aquilo, mas não o vou fazer.

Limito-me a copiar uma frase de Mark Twain: Dance like nobody's watching; love like you've never been hurt. Sing like nobody's listening; live like it's heaven on earth.

Por isso hoje, se não for todos os dias, no carro a caminho de casa, na cozinha, na sala, no bar, onde quer que seja que vos apeteça...DANCEM!

Eu estou a dançar!!!!

A ouvir: Moonspell - Dekadance
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Despedi-me
Pois é, assim que li esta noticia tratei logo de entregar a carta de demissão e fazer as malas!

Vou para Londres!!!!!!! Pagarem-me para beber cerveja? Melhor do que isso não estou a ver...

A ouvir: Rammstein - Du Hast
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Hoje não me apetece
Pergunto a mim mesmo se as chefias ficariam aborrecidas se eu hoje me saisse com esta.

A vontade é chegar lá e dizer "desculpem lá mas hoje não me apetece". Será que era má ideia?

Não é que eu não goste de trabalhar, mas hoje não me apetece mesmo. Hoje queria ficar em casa, deitado, a ler. Nem é vontade de ficar a dormir ou de ir passear, hoje queria ficar fechado em casa, a ler.

A ouvir: Blasted Mechanism - New Assault
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
28 de abril de 2008
São notícias destas...
...que me fazem pensar se a pena de morte não seria adequada.

Recuso-me a comentar a notícia, podem ler aqui.

O que comento é a pena de morte. Por principio sou contra, mas ocasionalmente surgem situação que me levam a pensar. Que castigo seria apropriado para esta criatura? Como faze-lo pagar pelo que fez? E nestas situações a minha primeira reacção, sem sombra de dúvida é que merece que lhe seja retirada a vida.

Será justo?

A ouvir: Ministry - Destruction
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Espera lá!!!!
Eu juro que quando li isto pensei que tinha lido mal.

Segundo o Publico parece que ali para os lados de Moscavide deixou de ser seguro apresentar queixa. E não é só por medo de represálias posteriores. Há agora um novo método, é ir lá e dar-lhe uma carga de porrada enquanto ele faz queixa.

Eu pessoalmente acho desnecessário. Meus caros amigos, se ele não percebeu à primeira não é com mais uma sova que ele vai perceber, não vale a pena. A alternativa é dar o enxerto logo na primeira intervenção, assim fica a sova dada e evita-se ter de fazer mais uma deslocação.

O quê? O senhor ali da terceira fila está a perguntar se não havia polícia na esquadra? Havia, mas era só um e isso não interessa nada.

A ouvir: Ramp - Clear
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Pedro Tochas
Na sexta fui ver o Pedro Tochas ao Teatro da Trindade.

Foi a terceira vez que o vi e mais uma vez passei umas belas horas agarrado à barriga de tanto rir.

Quem o conhece sabe do que estou a falar e decerto que ou esteve lá ou teve pena por não poder ter ido.

Para quem não o conhece, não percam a oportunidade na próxima vez que ele der um espectáculo na vossa zona. O Pedro faz comédia stand-up e é a prova viva de que se pode fazer boa comédia sem recorrer ao palavrão e ao sexo (OK, ele de vez em quando mete umas piadas sexuais, mas nada de ofensivo). O melhor dos espectáculos dele é que não se limita a ir para lá contar anedotas, ele tem um plano, conta histórias com piada e tal, mas o melhor é a interacção com o público e a capacidade que ele tem de improvisar e no meio daquilo sacar umas piadas que deixam qualquer um a chorar a rir.

Passem pelo site dele para consultar as datas, quem sabe ele passa perto de vocês um dia destes, e se não passar agora, subscrevam a newsletter que ele vai anunciando as datas novas.

A ouvir: Rob Zombie - How To Make A Monster
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
24 de abril de 2008
Lembrem-me para não ir ao Congo
Eu não acredito muito nessas coisas de magia negra e tal, mas como mais vale prevenir que remediar acabei de decidir não ir ao Congo depois de ler isto.

Hmmm...roubo de pénis...encolhimento de pénis...mas estes senhores não prestam atenção ao mercado? Pelo menos são originais, diferentes dos 500 emails que recebo por dia a tentarem vender-me produtos para aumentar o pénis.

E a cereja em cima do bolo?

"I'm tempted to say it's one huge joke," Oleko said.

"But when you try to tell the victims that their penises are still there, they tell you that it's become tiny or that they've become impotent. To that I tell them, 'How do you know if you haven't gone home and tried it'," he said.


A ouvir: Theatre of Tragedy - Lorelei
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Coca-Cola + Mentos
O resultado normal é a coca-cola saltar toda para fora da garrafa quando se enfiam lá os mentos.

O resultado menos normal é o que estes senhores fizeram...cliquem aqui para ver.

Arte? Ou demasiado tempo livre?

Vocês decidem...

A ouvir: Rammstein - Ohne Dich
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Multibanco
Irrita-me! Irrita-me solenemente, quase ao ponto de lhe desatar a dar calduços no pescoço.

As pessoas que juntam a porra das facturas todas para pagar ao mesmo tempo no multibanco enquanto o desgraçado espera pela sua vez cheio de fome e sem poder ir almoçar porque está sem dinheiro e o restaurante não tem multibanco.

Para quando a adesão obrigatória ao home banking?

A ouvir: Exploited - Army Life
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
25 de Abril
Amanhã comemora-se uma data que para grande parte da população significa apenas mais um feriado. Eu incluo-me naqueles para quem a data não tem grande significado pois tendo nascido sensivelmente um mês antes obviamente não me apercebi de como era a vida antes da revolução, não sei o que era viver com medo.

Para todos os que estão na mesma situação que eu deixo-vos uma frase que o meu pai (o sábio) me disse uma vez e me ficou na memória: "tu não sabes e ainda bem que não sabes, mas é bom que saibas que existiu".

A ouvir: Nada...
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
23 de abril de 2008
Dia Mundial do Livro
Ia dedicar-me a escrever qualquer coisa sobre este dia lá mais para depois do almoço, mas como passei pelo blog H2O Tinto e vi lá algo que traduzia na integridade os meus pensamentos decidi fazer uma cópia descarada! Por isso cá vai, se os donos reclamarem eu tiro.

É hoje. Hoje é dia de ler, nem que seja três linhas, de onde fluem das mais fervilhantes imaginações. É dia de ir comprar um livro, é dia de ler desenfredamente, é dia de começar a pensar nos livros que se vão comprar na Feira do Livro. É dia de relaxar a ler, é dia de deixar-se entrar nas páginas que respiram palavras, viajar mundos e culturas, pessoas e cheiros. Ler faz-nos ir mais além, saber antes de ver, crescer, sonhar, imaginar, fugir à rotina. Ler é uma benção.

Se ainda não leste nada este ano, então aproveita hoje para começar... Se és um leitor ávido, então hoje é dia de homenageares tudo aquilo que tens vivido e aprendido com os teus livros.


Vamos lá...toda a gente a ler hoje...e não estou a falar de jornais nem de revistas, peguem num livro que tenham lá por casa, se não tiverem passem por uma livraria e comprem um (banda desenhada tambem conta, desde que não seja do Tio Patinhas) e deixem-se embarcar no que se pode vir a tornar, como no meu caso, uma linda história de amor...eu e os meus livros.

A ouvir: Nine Inch Nails - Starfuckers, Inc.
Uma solitariedade de Requiem
8 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas: ,
Tirem-me isto da cabeça
Devia haver um sabão qualquer para lavar por dentro da cabeça e tirar aquelas musiquinhas irritantes que se ouvem na rádio e teimam em ficar lá presas a tocar...a tocar...a tocar...

É irritante, nem metendo mais musica por cima a outra desaparece...e o mais irritante é que não sei quem canta, o nome nem sequer a letra, mas estou desde manhã com o raio da musica na cabeça...

A ouvir: Theatre of Tragedy - Samantha
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Traduções
OK, há coisas que eu deixo passar, mas trabalho mal feito não é uma delas.

Oh D. Isabel (é a senhora que traduziu o livro que estou a ler, A Caixa em Forma de Coração de Joe Hill), então a senhora primeiro trata os leitores como nhurros insistindo em colocar notas de tradução sempre que aparece uma referência a uma música (o personagem principal é um músico por isso surgem abundantemente) com a bela da tradução para Português e depois na ânsia de demonstrar o seu conhecimento sai-se com a pérola que descobri na página 133?

Ora deixe-me dizer que o personagem se chama "Judas Coyne", e que o seu nome é um trocadilho, sim, isso é verdade mas não para "Judas Acanhado", isso seria qualquer coisa como "Judas Coy"...se a senhora estivesse a ler o que escrevia teria percebido com toda a certeza que é um trocadilho mas para "Judas Moeda", não sei se está a ver, é assim, tipo uma referência às 13 moedas que Judas recebeu para trair Jesus Cristo...

Mas pronto deixe lá isso...se calhar sou eu que tenho mau feitio.

A ouvir: Therion - The Quiet Desert
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
22 de abril de 2008
Arte?
Li isto e não queria acreditar, mesmo depois de ler novamente não acredito lá muito bem...

"Artista quer expor vídeos de abortos a que se submeteu voluntariamente"

Mas o que é que esta gente tem na cabeça? Merda? Era para fazer um comentário mais longo mas acho que nem vale a pena!

A ouvir: Nightwish - Phantom of the Opera
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Santini
Ouvi por aí que o Santini já abriu este ano.

É impressão minha ou este ano abriu mais cedo?

Não interessa...o que isto quer dizer é que este fim de semana, faça chuva ou faça sol vou de certeza estar lá caído para o primeiro Santini de 2008!!!!

A ouvir: Nightwish - Know Why the Nightingale Sings
Uma solitariedade de Requiem
6 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Só posso estar a ficar doente
Estive na FNAC depois de almoço e nem um livrinho comprei...

Comecem a escrever o obituário!

A ouvir: Gyöngyvér - Cseppekből Tengert
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
É só um segundinho...
...enquanto vou ali dar com a cabeça na parede!

É por estas e por outras que detesto fazer as coisas em cima do joelho.

Acabei de voltar de almoço e reparei que tinha deixado o processo errado a correr...resultado? Umas 2 ou 3 horas de trabalho perdido.

E a semana que tinha começado tão bem....

A ouvir: Rammstein - Du Hast
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Dalai Lama - Cidadão Parisiense
Pois é, o governo Francês decidiu atribuir o título de "cidadão honorário" de Paris ao Dalai Lama.

O que parece é que os nossso "amiguitos" Chineses já começaram a refilar e a fazer ameaças (não muito) veladas.

Segundo o Publico, um porta voz do governo (governo? ou ditatura?) Chinês já veio dizer que "essa decisão é uma grosseira ingerência nos negócios internos chineses, atingindo gravemente as relações franco-chinesas", indicou igualmente a mesma porta-voz, apelando à França que "tome medidas concretas para salvaguardar as relações" bilaterais.

Sou só eu ou isto parece-me uma estupidez pegada? Pior mesmo só se a França agora decidisse ceder e voltar atrás. Para mim cada vez mais da China só se aproveitam os ténis falsificados.

A ouvir: Opeth - Orchid
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Venham Mais 5
De vez em quando, mas mesmo muito de vez em quando o meu clube dá-me alegrias destas.

Ontem lá deram 5 secos ao Setubal e conseguiram subir ao 5º lugar, só é pena é não fazerem destas mais regularmente.

Agora é tentar manter a posição para conseguir ir à UEFA e dar cabo dos encarnados no próximo fim de semana...há que pensar positivo...

A ouvir: The Clash - Complete Control
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
21 de abril de 2008
Domingo - Sushi
Workshop de Sushi...finalmente, após ter sido adiado lá fui aprender a enrolar peixe cru.

Foi muito bom, desde aprender a escolher o peixe e a prepará-lo, passando por como fazer o arroz e terminando no corte e confecção dos rolinhos, tanto os normais como os com arroz por fora...

Juntou-se um grupo muito porreiro e acabámos por sair de lá às 17h, já depois de um almoço longo e bem regado.

Não posso dizer que saí de lá um mestre, mas pelo menos posso dizer que saí de lá a saber muito mais do que quando entrei.

Recomendado a todos os apreciadores...e para os curiosos...fotos aqui.

A ouvir: Nightwish - 7 Days to the Wolves
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Sábado - Night wish
Grande concerto! O último da tour...

A abrir os Suecos Pain, banda desconhecida para mim mas que se revelaram muito bons (vou ter de investigar estes gajos mais), muito acima da qualidade média de bandas de abertura.



A seguir Nightwish, sempre a abrir, uma presença em palco fenomenal, um som fantástico. A única coisa que posso apontar de menos bom foram mesmo as incursões por parte da nova vocalista às músicas mais antigas. Mas pelo menos não se tentou colar à interpretação da Tarja e tentou dar-lhes um cunho pessoal, e ainda bem porque minha querida, cantas bem mas não chegas aos calcanhares da outra senhora.



E como o concerto era o último da tour não podia deixar de haver uns "avacalhamentos" à mistura. Não sei se fizeram o mesmo nas outras datas, mas aqui no Coliseu a última música de cada uma das bandas foi tocada em conjunto com a outra banda....altamente!!!!

A ouvir: Nightwish - Bye Bye Beautiful
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
18 de abril de 2008
Fazer a barba
Sim, irrita-me fazer a barba, mas neste momento irrita-me mais o mister que está ali ao fundo a fazer a barba com a máquina, todos os dias.

Apetece-me gritar-lhe: "Acorda mais cedo! Assim tens tempo de fazer a porra da barba de manhã!!!!"

É que o raio do barulhinho atravessa até os fones com o som no máximo....

A ouvir: Linkin Park - Somewhere I Belong
Uma solitariedade de Requiem
6 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Puxar ferro
Decidi-me...

Vou deixar os meus 58 kilos, deixar as calças a cair por não ter cu para as segurar e vou puxar ferro. Não quero ficar inchado, mas preciso ganhar massa muscular e apesar de comer que nem um desalmado nada parece resultar.

Vai daí, em conversa com o Arcanjo decidi ir fazer-lhe companhia e tudo correndo bem lá para o inicio de Maio vou com ele puxar ferro.

Digam adeus ao escanzeladinho...

A ouvir: Nine Inch Nails - God Given
Uma solitariedade de Requiem
6 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Novelas
Acabei de ler num daqueles jornais de borla que teimam em entregar-me na entrada do comboio que as novelas influenciam a natalidade...

Pois, acredito que sim.

As mulheres porque ficam com as hormonas aos saltos e os homens porque fazem qualquer coisa para não ter de ver a novela que vem a seguir!

A ouvir: Nightwish - Nemo
Uma solitariedade de Requiem
4 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
16 de abril de 2008
São 3
Aproveitando que uma delas faz anos hoje (mais uma vez parabens Bruxita) trago hoje aqui não um mas sim 3 blogs que tinham de ser falados em simultâneo pois o primeiro é amigo do segundo e o segundo do terceiro e fizeram-me perceber mais uma vez que o mundo é realmente pequeno.

O primeiro é da Reguila, colega de escritório, onde desabafa o que lhe vai na alma.

Através dela cheguei ao blog da Bruxita de quem é grande amiga.

E finalmente chegamos ao da Filipa, amiga de Bruxita.

E agora, porque é que o mundo é pequeno? Porque destas 3 pessoas apenas conheço uma mas acabei por vir a descobrir que as outras duas foram praticamente minhas colegas de escola no secundário. Temos as mesmas memórias, as mesmas experiências, muito em comum para pessoas que nunca se conheceram.

A ouvir: Amorphis - The Castaway
Uma solitariedade de Requiem
5 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
15 de abril de 2008
Requiem
Hoje houve alguem que me disse: "porque é que te chamas Requiem?" (pronunciou re-qui-heim, deu para perceber?)

Fiquei espantado por dois motivos.

Primeiro (e se calhar é pedantismo da minha parte) porque não sabia como se pronunciava, nem o que é. Pronto, eu não estava à espera que associasse ao RPG da White Wolf mas pelo menos esperava que soubesse que era isto.

Segundo, porque eu não sei porquê. Pensei, voltei a pensar, pensei mais um bocadinho (tudo serve de desculpa para não trabalhar, vide Blog do Sadeek) mas não consegui chegar a nenhuma conclusão. Este "nome" não vem de ontem, já há muito que o uso e uso-o em quase todo o lado onde se usam nicks. Agora o motivo não sei, acho que é daquelas coisas que surgem naturalmente, simplesmente fazem "pop" na nossa cabeça (um bocado como o nome deste blog) e que simplesmente fazem sentido, simplesmente se ajustam.

A ouvir: Dimmu Borgir - Metal Heart
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Familias...
Ainda dizem que os pais hoje em dia não passam "tempo de qualidade" (sempre achei este termo estranho, mas vou deixar passar desta vez) com os filhos.

É mentira! Como se pode ver nesta notícia.

Fiquei emocionado pelo apoio que estes pais dão ao filho.

Ou então não! Se fosses meu filho levavas era uma galheta nas fuças que até andavas de lado! GAJAS PUTO! Tens 13 anos, tens de começar é a pensar em GAJAS! Ou julgas que essa merda de encher balões com o nariz impressiona?

A ouvir: Opeth - Advent
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Ai que lindinhos
E começaram a "pingar" as fotos do estágio no Porto...depois meto no Picasa mas por enquanto fica a foto de grupo.

Estamos ou não estamos todos lindos?



A ouvir: The Vision Bleak - Sister Najade (The Tarn by the Firs)
Uma solitariedade de Requiem
4 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Leituras - IV
O volume 4 da saga dos Otori...que hei-de dizer?

Gostei do livro até chegar para aí a umas 30 páginas do fim. A partir daí foi o descambar, o atropelar a história para despachar o livro, parecia que tinha limite de páginas.

A história é excelente e dá uma boa continuidade à trilogia (a verdadeira saga dos Otori), tem um bom desenvolvimento ao longo do livro, mas depois...depois não sei o que se passou na cabeça da autora...deu ali um nó e pronto, fica a coisa assim...

Sinceramente esperava melhor. O meu conselho é mesmo lerem a trilogia original e depois se tiverem tempo leiam este, mas não esperem um final decente.

A ouvir: Ministry - Psalm 69
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
14 de abril de 2008
Mais uma coisinha que me irrita
É ter de andar a poupar o livro que estou a ler para dar para as duas viagens de comboio.

É que se viesse a ler "à bruta" acabava o livro à vinda para cá e no regresso não tinha nada para ler.

Quer dizer, ter até tinha, porque era mais que certo que descia o Chiado e ia comprar outro durante a hora de almoço, que isto de andar de comboio não se pode fazer sem duas coisas, livro e iPod, assim vou no meu mundinho e consigo abstrair-me das pessoas feias, mal humoradas e mal cheirosas à minha volta (ok, tambem há pessoas que não são feias nem mal humoradas nem mal cheirosas no comboio).

E vocês (excepto os fascistas que vão de carro para o trabalho) que rituais têem nos transportes?

A ouvir: My Dying Bride - It Will Come
Uma solitariedade de Requiem
12 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
1000?
Mil visitas? Será que eu vi bem? E isto sem contar com as minhas próprias vindas ao blog! Mas eu criei isto no início de Fevereiro!

Mil visitas em pouco mais do que dois meses! Fiquei sinceramente admirado, afinal isto não tem gajas nuas, é só um tipo a escrever meia dúzia de baboseiras sem grande interesse.

Mas obrigado a quem me tem visitado, nunca pensei ter tantas visitas, muito menos em tão pouco tempo.

Bem ajam todos, que realmente com isto me deram vontade de continuar com isto...é bom saber que há pessoal (mesmo que não sejam muitos) que por aqui vai passando (fónix que tou a ficar lamechas).

Sugestões, críticas e discos pedidos são aceites de bom grado, email, messenger e CBox, está tudo à vossa disposição.

Abraços (para os meninos) e beijinhos (para as meninas e para o Arcanjo).

A ouvir: Vintersorg - Hednad I Ulvermånens Tecken (esta tive de fazer copy-paste)
Uma solitariedade de Requiem
7 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Estágio do Porto
Cá estou de volta, e venho que nem posso.

Estou cá com uma vontadinha de bulir que nem vos conto. Entre dois dias de treino intensivo, pouco sono, viagem, chegar tarde, tornar a dormir pouco e levantar cedo a vontade de vir trabalhar hoje é assim a atirar para o nada...

Mas valeu a pena. Como me disseram, quem corre por gosto não cansa (acho que quem inventou esta frase nunca deve ter corrido).

Os Senseis Andy Watson e Allan Nash trouxeram-nos imenso conheciamento novo e uma excelente oportunidade de melhorar o que já sabiamos, para alem de serem excelente companhia e muito acessíveis para todo o tipo de conversa.

Conseguimos correr os 12 Kihons, as 12 kata de Seitei e ainda dar uma "perninha" no primeiro nível de Koryu o que para um estágio de fim de semana não foi nada mau mesmo.

No final de Domingo ainda tivemos a possibilidade de ter uma aula de Iaido com os Senseis que apesar de curtinha e a saber a muito pouco deu na mesma para aperfeiçoar algumas coisitas.

Depois disto só espero que a malta do Porto começa a alinhar nisto a sério para ver se expandimos estas artes cá em Portugal.

A ouvir: Tarja Turunen - Poison
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
11 de abril de 2008
Japonês
Cada dia que passa tenho mais saudades de voltar às aulas de Japonês.

Tive de abandonar há algum tempo porque os horários não davam para conjugar com o trabalho, e agora mal me lembro dos básicos, e escrever então é mesmo para esquecer.

Tenho de ver se consigo organizar a vida e voltar a inscrever-me para o ano, que só trabalhar não pode ser, é preciso fazer coisas de que gostamos tambem.

A ouvir: Cradle Of Filth - The Rape And Ruin Of Angels (Hosannas In Extremis)
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
IRS
É em alturas destas que tenho pena de não viver em New Jersey, mas pergunto-me a mim mesmo se um bar destes não teria futuro em Portugal.

A mim parece-me muito bem...enquanto me preenchem o IRS vou bebendo umas bejecas...olha que...

A ouvir: Moonspell - Blood Tells
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
10 de abril de 2008
Rosinha
Em resposta a um coleguinha meu...e porque me irritam estes comentários do "ai estás tão lindinho de cor de rosa" e do "estás muito florzinha hoje".



Palhaço! É preciso estar bem seguro da sua sexualidade para se vestir assim!


A ouvir: The Phantom Of The Opera - Think Of Me
Uma solitariedade de Requiem
11 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Musiquinha nos sites...
Coisinhas que me irritam, parte I (de muitas)

Sites com música.

Chateiam-me porque eu estou de fones e as músicas misturam-se e depois como muito provavelmente não gosto do que eles estão a tocar lá tenho de andar à procura do sítio onde se pode desligar o som.

Que raio de moda que havia de aparecer...

A ouvir: Moonspell - EutoricA
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Porto
Amanhã marcho para o Porto, que por incrível que pareça nunca visitei.

Vou lá fazer um estágio de Jodo como introdução à classe que vai (se tudo correr bem) abrir por aquelas bandas.

Como não conheço o sítio peço auxílio a todos os que conhecem...onde é que posso ir beber um copanázio à noite? Que sugerem/recomendam?

A ouvir: The Sisters of Mercy - Driven Like The Snow
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Hoje não me chateiem
Hoje, sem qualquer motivo, acordei a odiar o mundo.

No comboio cada olhar de lado, cada empurrão, cada encontrão me dava vontade de bater nas pessoas.

Na reunião da manhã, cada idiotice me dava vontade de gritar.

Por isso, hoje não me chateiem que sem motivo, sem razão, não me apetece...

A ouvir: Paradise Lost - Requiem
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Pessoas
Por vezes dou por mim a pensar que as pessoas só quando precisam de ti é que te chamam, só quando têem necessidades é que te ligam, só quando precisam é que se lembram de ti, só quando estão mal é que se lembram que tens dois ouvidos para ouvir e dois braços para abraçar, só quando se sentem sozinhos é que se lembram que és boa companhia.

E o pior...o pior é que eu faço o mesmo...

A ouvir: Dimmu Borgir - Sympozium
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
9 de abril de 2008
Photoshop Disasters
Bem, o que eu me ri a ler este blog.

Não está cheio de pensamentos profundos, nem de confissões obscuras nem de sabedoria...apenas erros estúpidos que alguem que não prestou muita atenção ao resultado final...

A ouvir: Moonspell - An Erotic Alchemy
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Gadgets Web
Estão a gastar demasiado tempo a visitar os blogs do costume? Tudo para descobrirem que os autores não escreveram nada?

Ok, tenho a solução (pareço um vendedor de banha da cobra, não pareço?).

A mim anda-me a poupar uma data de tempo que posso gastar noutras inutilidades. Chama-se Google Reader e se já têem email no GMail nem sequer precisam de se registar novamente, basta darem um saltinho aqui e começar a subscrever. Assim bastar irem a um único local e vêem logo o que há de novo.

A ouvir: Nine Inch Nails - We're In This Together
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Notícia estranha
Estava a folhear o Publico (virtualmente) e reparei numa pequena coisa que me chamou a atenção nesta notícia.

Então como é? Um aluno empurra uma professora (isto já nem é notícia) e vão parar os dois ao hospital (e isto sim, é que é notícia)? Espera lá...deixa-me só experimentar aqui uma coisa....

Nop...acabei de empurrar ali um colega e a mim não me aconteceu nada...estranho...não tive desmaio nenhum e tal...hmmmm cheira-me a fita!

(É um post estúpido eu sei, mas hoje sinto-me imensamente estúpido)

A ouvir: Therion - Abraxas
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
8 de abril de 2008
Multas?
Apanharam uma multita? Acham que não foi merecida?

Pois é! Alguem se lembrou de vocês...

Visitem o MultasNet e pasmem como eu pasmei. Isto há de tudo, então estes senhores analisam o vosso caso e depois dizem-vos (mediante o pagamento de uma módica quantia) se devem ou não pagar a multa?

Sou só eu ou há mais gente a achar isto estranho?


A ouvir: Opeth - My Arms, Your Hearse
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Estágio Iaido/Jodo British Kendo Association 2007
Estava a remexer nas fotos agora que finalmente me entregaram as fotos da neve e encontrei as fotos do estágio de Iaido/Jodo da British Kendo Association 2007.

Já que estava em maré de colocar fotos aqui decidi meter mais estas (estão aqui).

Ai que saudades, grande semana em Brighton...e este ano se tudo correr bem lá estarei novamente, só que desta vez na Holanda.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Descoberta fantástica
Segundo o Publico (mais detalhes aqui) investigadores de Singapura descobriram a primeira rã sem pulmões. Aparentemente obtêm todo o seu oxigénio através da pele.

Isto ao principio até parece uma descoberta interessante, mas depois pensando bem não é. E porquê? Porque eu todos os dias descubro cá em Portugal pessoas sem cérebro. Agora o que não sei é de onde obtêm as ideias (quer dizer, eu tenho a noção de que vêem do intestino grosso).
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Insónias
Detesto quando isto acontece. Era madrugada e eu ainda agarrado aos livros porque não consegui dormir nem por mais uma.

Apagava a luz, rebolava-me na cama durante algum tempo e voltava a acender a luz para ler mais um pouco. E repetia a dose algum tempo depois. É que quanto mais me irrito por não conseguir dormir mais desperto e entro numa espiral que me vai mantendo acordado...

O mais irritante é não conseguir perceber porque não consigo dormir, ontem não estava mais stressado que no dia anterior, não tinha mais problemas, não tinha nada de diferente...simplesmente não tinha sono.

Por isso hoje cá estou no poiso novo...a dormir em pé...é hoje que quebro a barreira dos 10 cafés!
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
7 de abril de 2008
The Generator Blog
Hoje são dois pelo preço de um.

Este blog (está aqui), como o autor diz, não tem nada a ver com electricidade.

Pode até não ter, mas para compensar reune num único local uma série de sites que não servem para nada, excepto para me divertir.

Passem por lá que de certeza vão encontrar um gerador que vos agrade.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Big World, Little Guy
Está disponível aqui o blog de um grande amigo meu.

Por acaso o gajo já não escreve nada há imenso tempo mas como somos amigos há muito tempo merece destaque na mesma.

Basicamente no blog ele conta historias relacionadas com as suas viagens fotográficas (podem ver o trabalho dele aqui) o que é muito nice, pois ficamos a conhecer o que se passou enquanto andava de volta da máquina.

Passem por lá e incentivem-no a escrever mais...
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Despedida
Pois é, hoje despeço-me dos meus colegas e mudo-me.

Vou arrancar com um projecto novo e isso fará com que tenha de passar do terceiro para o segundo piso aqui do edificio. A distância não vai ser muita mas vai ser alguma. O lado positivo é que vão poder finalmente poder deixar de me aturar com as piadas constantes e o mau feitio.

Mas se não vou estar presente tambem não irei ficar ausente. Descansem que pelo menos até ter máquina de café lá em baixo virei cá visitar bastantes vezes por dia!

A todos os que nos últimos anos me aturaram, até breve.
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Fotos da Neve
Finalmente chegaram as fotos da neve, após uma grande demora.

Os interessados podem cuscar aqui.
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Sushi?
Não houve!

Que neura quando no sábado me ligam a dizer que devido a desistências de última hora não havia pessoal suficiente para fazer o workshop...

Foi adiado para dia 20, espero que desta vez seja de vez, caso contrário lá terei de continuar a aprender em livros, o que não é a mesma coisa...
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
4 de abril de 2008
Sushi


Gostam de sushi e sashimi? Eu tambem!

Querem ir aprender a fazer? Já vão tarde!

Este vosso amiguito vai fazer um workshop este fim de semana no restaurante que costumo visitar regularmente (raro é o mês que não vou lá pelo menos uma vez, podem consultar o site aqui). Agora vamos ver se consigo aprender alguma coisa ou se vou lá só estragar peixe.

Se correr bem ofereço-me para cozinhar para quem pagar bem...se correr mal há sempre algum gato por aí a quem dar o peixe.

De qualquer modo no dia 13 há outro workshop no mesmo sítio por isso se estiverem interessados é aparecer.
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Nightwish
Não, não ando com desejos nocturnos...é mesmo a banda Finlandesa que vem cá tocar no dia 19 (tá aqui o site oficial deles).

Já cá canta o bilhetinho, agora só espero que a vocalista nova não me desiluda a cantar as músicas mais antigas (ainda não ouvi, apesar de ter ouvido dizer que já anda qualquer coisa no YouTube), é que estar à altura da Tarja Turunen não é tarefa fácil.

Depois aqui o menino conta como foi...
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Blogs
Não querendo correr o risco de ter uma lista enorme de blogs que regularmente ou ocasionalmente vou lendo decidi retirar aqui do lado direito essa parte.

Para a substituir vou começar a fazer posts sobre os blogs que visito, assim posso dizer o que gosto, o que não gosto.

Se quiserem ver o que visito é só "clickar" na etiqueta "Blogs", que se isto funcionar bem deverá listar todos os posts que falem de Blogs.

Vou começar por um que descobri há pouco tempo mas que vai ter direito a honras de abertura por ser de alguem com quem me identifico bastante e que de certo modo considero muito parecido comigo.

É o Arcanjo, que escreve no VIIIcirculos da lagrima,na pena d1 anjo. O homem tem jeito para a escrita, gosto do que escreve, pena escrever demasiado sobre as coisas que o deixam triste e pouco sobre as que o deixam feliz.

O conselho fica...escreve mais rapaz, que a malta gosta de ler...mas escreve tambem sobre coisas boas...
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Desemprego? Naaaaaaa....
Segundo o nosso querido Ministro da Ciência e Ensino Superior (ver a notícia completa aqui) não há licenciados desempregados em Portugal.

O que ele não especificou foi se estão empregados em àreas com a mínima ligação à que tiveram formação.

É que isto é tudo muito bonito mas o MacDonalds acho que não se qualifica como emprego adequado a um licenciado. Sem qualquer desprimor para os empregados do Mac (ou para qualquer outro trabalhador) mas acho que os 5 anitos que a malta lá andou a bater com os costados deveriam dar acesso a outras coisas...digo eu, mas como toda a gente sabe eu gosto de refilar.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Coexist
Não deixando de ser uma palavra de ordem e consequentemente um cliché fica-me esta imagem.

Convido/desafio todos os que por aqui passam a colocá-la nos vossos blogs...

Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
2 de abril de 2008
O mundo do futebol é lindo
Tão lindo, tão lindo que (afinal a notícia de ontem não era mentira) que um certo clube até faz pressão para que sejam aceites as acusações e os castigos só para que o processo não se prolongue e não sejam castigados na próxima época.

É que afinal esta já está garantida...
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Nova rúbrica
Para quem passa por aqui e não reparou, há uma "rúbrica" nova aqui no Solitariedades.

Fazendo um plágio a uma série de blogs que tenho visto por aí decidi partilhar as minhas leituras actuais, aqui ao lado vai estar sempre uma imagem do livro que estou a ler no momento.

Por baixo coloquei tambem uma àrea onde poderão comentar as minhas leituras, se já leram o livro, se querem ler, se gostaram, se detestaram, o que vos apetecer.

Força...toca a bombar (todas as 5 pessoas que por aqui passam).
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
1 de abril de 2008
Será peta?
Estou um bocado indeciso sobre a noticia que li no Publico (detalhe aqui).

Supostamente o FCP poderá ser castigado por tentativa de corrupção. Custa-me a crer. Por outro lado, tendo em conta o avanço que o FCP leva no campeonato esta seria sem dúvida a altura ideal para fingir que os processos disciplinares até funcionam no futebol português.

Mas pronto, não sei, amanhã veremos se era mentira.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Dia das Mentiras
Estou confuso...mas não é o que a malta faz todos os dias? Basta ver as entrevistas dos senhores políticos.

Engraçado era fazermos ao contrário. Hoje ninguem mentia! Sempre queria ver o resultado.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Mensagens mais recentes
Mensagens antigas
Página inicial
Subscrever: Mensagens (Atom)