Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

14 de janeiro de 2009
Oh Policarpo, tu estás em grande
Parece que durante uma tertúliazita ontem D. Policarpo aconselhou as moçoilas Portuguesas a não casar com muçulmanos porque daí só vinham chatices.

A mim parece-me muito bem, afinal toda a gente sabe que esses gajos são só sarilhos.

Prevê-se para breve nova sessão de conselhos que devem incluir:

- Não casar com pretos
- Não casar com monhés
- Não casar com chinocas
- Não casar com cavalos (porque aí sim, era só chatices)

Agora a sério, oh Policarpo, e ficares caladito? Não?
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
15 solitariedades alheias:

mik@ disse...

quem não tem vida própria mete-se na dos outros. mas o que é que o homem percebe de casamentos... ele que vá lamber sabão em vez de dizer barbaridades.

14 de janeiro de 2009 às 13:12
GATA disse...

Concordo com o Poli!

Até porque para chatices e sarilhos já bastam os tugas... uns bons católicos que não perdem uma oportunidade de bater na sua querida esposa (e na amante, para a gaja não se ficar a rir!) e também nos queridos filhos!

14 de janeiro de 2009 às 14:02
Tinta Permanente disse...

Foi inconveniente? Azarito!
É o probelma de não se poder dizer o que se pensa... :) Bjs

14 de janeiro de 2009 às 14:44
Requiem disse...

Mik@: Claro que percebe, acho que já deve ter celebrado uns quantos... :P :P :P

Gata: Há que promover as tradições...e bater na mulher (e afins) é uma delas!!! :) :) :)

Tinta: A "inconveniência" passa-me ao lado, dizer o que se pensa também passa, o que não passa é um representante de uma igreja que promove a compreensão, etc, etc diga uma coisa destas...voltámos às cruzadas, foi? Morte aos infieis!!!!???

14 de janeiro de 2009 às 18:09
M disse...

eh eh eh E eu que pus isto nos favoritos para por no blogue que tinha que pintar a minha metade da laranja muahahahaha

14 de janeiro de 2009 às 18:11
Requiem disse...

Azareco!!! :P :P :P

Eu postei primeiro :) :) :) :)

14 de janeiro de 2009 às 19:52
kitty disse...

Não casar com homens com pila pequena!

15 de janeiro de 2009 às 09:27
Sadeek disse...

Acho que foi o fornecedor do tabaco, pá. Que se enganou na mistura. Parece que vão distribuir um esclarecimento e tudo na missa das 19 horas...AHAHAHAH

15 de janeiro de 2009 às 10:14
Requiem disse...

Kitty: Tu não digas isso mulher, senão eu morro solteiro...HE HE HE HE

Sadeek: Ou isso ou esticou-se na parte de beber o "sangue de Cristo"....

15 de janeiro de 2009 às 20:46
Sadeek disse...

AHAHAHAHAH......é outra hipótese, sim...AHAHAHAH

16 de janeiro de 2009 às 10:46
Tinta Permanente disse...

(epá, nota-se que te baldaste à catequese, lol)

PS - que moral tens tu em criticar o cardeal se nem religioso és? E que tal todos os ateus deixarem de gozar os feriados católicos! Ou para isso já são católicos!!
Pensa nisso!
Beijo!

16 de janeiro de 2009 às 11:47
Requiem disse...

Sadeek: Talvez uma bem provavel não? :P :P :P

Tinta: Eu nunca fui à catequese. E já agora, não sou ateu, sou agnóstico que é bastante diferente.

Quanto à moral, tenho toda. Sendo que existe liberdade de expressão, cabe-me a mim igualmente o direito de comentar tudo o que é dito, principalmente em fóruns públicos, seja uma crítica positiva ou negativa.

E no que toca aos feriados, não os gozo por ser ou não religioso. O estado instituiu esses dias como feriados NACIONAIS, e como cidadão nacional tenho o direito de os gozar, independentemente da sua origem.

Pensa tu nisso...

16 de janeiro de 2009 às 12:21
Tinta Permanente disse...

Tens razão, não sei o que me passou pela cabeça! lol

16 de janeiro de 2009 às 14:06
Requiem disse...

Tinta: Desta vez passa, mas que não se repita, está bem? :) :) :)

16 de janeiro de 2009 às 16:37
Tinta Permanente disse...

eh eh eh ! :D

19 de janeiro de 2009 às 16:20
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)