Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

7 de fevereiro de 2009
Um ano

Faz hoje um ano, exactamente a esta hora (se o post agendado funcionar correctamente) que apareceu o primeiro post aqui no estaminé.

Criei o blog no dia 7 por um mero acaso (cada vez acredito menos neles) e só me apercebi passado algum tempo. O número 7 sempre teve (por motivo nenhum) muito significado para mim. Recentemente ganhou ainda mais siginificado. Acho que é um número que sempre me "perseguiu" e que penso que nunca me vai largar.

Na altura criei o blog sem saber muito bem porquê. Ou então foi mesmo, como me disse uma grande amiga, para calimerar (e o que eu calimerei na altura, tanto online como offline).

As coisas foram mudando e hoje em dia o estaminé pouco serve para a calimerice e é mais um palco onde ventilo as minhas (muitas) irritações e onde posso refilar à vontade com tudo o que me apetece. E parvoeiras? Ui, o que não falta para aqui são parvoeiras.

Se há um ano atrás alguém me tivesse dito que hoje me sentiria como me sinto chamaria-lhe louco na melhor das hipóteses. Na altura estava amargo, sem a mínima vontade de fazer fosse o que fosse. Hoje sinto-me a recuperar a doçura (ai de quem me chamar docinho, ok? O menino continua com mau feitio) que a vida merece que tenhamos, mas acima de tudo que nós próprios merecemos ter.

Foi um ano de posts (ainda não cheguei aos mil mas não falta muito), de conhecer uma série de pessoas, algumas virtualmente outras fisicamente, algumas boas outras nem por isso, algumas que ficaram outras que decidiram não parar.

Este último ano o mundo "bloguento" trouxe-me (mesmo que fossem pessoas que já conhecia de "lá de fora") pessoas que foram possivelmente das mais importantes na minha vida este ano (e espero que por cá continuem). Sim, estou a falar de TI, de TI, de TI, de TI, e claro...de TI! ;)

E pronto, agora vem o momento lamechas do ano (nem pensem que isto se vai repetir brevemente):

Um abraço aos meninos, um beijinho (KANOJO) às meninas e muito, muito obrigado pela vossa companhia este ano.

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
16 solitariedades alheias:

NI disse...

Um ano? Já? Não dei pelo tempo a passar.
Então leva lá um beijo enorme da tua morceguita.

:-)

7 de fevereiro de 2009 às 13:09
M disse...

docinho :P a vida surpreende-nos sempre, nem que seja pela rapidez com que muda! Recuperar a doçura quando a perdemos torna-nos mais fortes right? E sim, tu mereces essa doçura... (ok, este foi o meu momento lamechas de comments :P)
Quanto a quem vai ou fica... Espero que fique, sempre, quem desejas que o faça, quem merece que fiques também.
Parabéns ao blogue e que venham mais parvoeiras!
P.S.: ;)

7 de fevereiro de 2009 às 15:04
Cristina disse...

Já um ano???? Como é isso possível?! God grace...

Gajo... e daqui a outro ano cá estaremos ;)

Kiss

7 de fevereiro de 2009 às 15:13
Requiem disse...

NI: Pois é morceguita...já passou um ano :)

M: Obrigado...agora essa do docinho é que te vai sair cara!!! MUAHAHAHAHAHAHA

Cristina: É assustador como o tempo passa depressa, não é? :)

7 de fevereiro de 2009 às 15:47
Djinn disse...

E criaste o blog no dia dos anos do meu mano eheheheh :)
Que a vida te traga tudo de bom, sobretudo que a viagem que fizeste pelo espelho da tua alma tenha servido para te reencontrares com quem sempre fostes...

7 de fevereiro de 2009 às 16:14
Requiem disse...

Djinn: Olha...mais um 7 :) :) :)

Obrigado e desejo tudo de bom para ti também :) :) :)

7 de fevereiro de 2009 às 16:29
M disse...

Não estou a ver como mas vou fingir que acredito darling ;)

7 de fevereiro de 2009 às 16:47
Requiem disse...

M: Vai esperando que depois logo vês...MUAHAHAHAHAHAHA

7 de fevereiro de 2009 às 16:52
Cristina disse...

Podes crer, amigo...

E ainda mais, tendo em conta que nos "conhecemos" pouco tempo depois... numa altura em que a vida, tal como eu a conhecia, dava uma volta de 180º...

7 de fevereiro de 2009 às 17:35
sessaoexperimental disse...

Ai que o docinho está de parabéns...ahahhaha!!! parabéns oh menino ;)

um grande abraço!

7 de fevereiro de 2009 às 18:10
Requiem disse...

Cristina: Também a minha, amiga, também a minha ;)

Sessão: Oh bombom...obrigado...és um fofinho... ;) AH AH AH AH AH

8 de fevereiro de 2009 às 00:09
Restelo disse...

Parabéns!!

8 de fevereiro de 2009 às 16:20
GATA disse...

Ai que tu estás a ficar sentimental... eu vou bazar antes que me dês um beijo - KANOJO!!! :-)

8 de fevereiro de 2009 às 20:47
Requiem disse...

Restelo: Obrigado...

Gata: KANOJO!!! :) :) Mas obrigado...

9 de fevereiro de 2009 às 11:35
delaorden disse...

parabéns, belo blog, continua com o belo trabalho ;-)

9 de fevereiro de 2009 às 18:19
Requiem disse...

Delaorden: Obrigado...Faço tenção de continuar... :)

9 de fevereiro de 2009 às 21:38
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)