Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

6 de maio de 2009
Anathema na Incrível Almadense
Ontem ao fim do dia rumei ao "deserto" da margem sul para usufruir de um presente de aniversário. Destino: Incrível Almadense. Objectivo: Ver Anathema.

Entradas: Leafblade. Projecto paralelo do Danny Cavanagh, que se mostrou um pouco deslocado do tipo de concerto. Eles bem tentaram, mas dois gajos a tocar guitarra numa onda muito soft, ao fim de um dia de trabalho...SONO!!!!

Primeiro Prato: Oblique Rain. Banda tuga que infelizmente deixou muito a desejar. Falta de presença em palco (não fosse o tipo de música podia jurar que estava a ver o grupo de baile lá da terra), problemas na voz e acima de tudo um baterista que parecia que estava a tocar contra a banda e não com a banda. Mas uma coisa tenho de admitir...os moços até estavam com vontade de aquecer o público e com algum trabalhinho a coisa vai ao sítio.

Prato Principal: Anathema. Entram em palco logo a matar, com o baixo de máquina fotográfica em punho a tirar fotografias à malta. Oscilando entre as músicas mais pesadas e as mais melódicas, tocaram durante mais de 2 horas que souberam a pouco, muito pouco.

E nós? Nós provámos mais uma vez que somos dos melhores públicos do mundo. quem mais consegue deixar um vocalista claramente à beira das lágrimas enquanto entoamos "and it feels like i'm flying above you"? Que músicas tocaram? Não me lembro de todas...o concerto foi mais sentido que ouvido, não estive a fazer listas.

Os pontos mais positivos? Fragile Dreams tocado com uma alma do caraças e Metallica a fechar (sim, eles tocaram Metallica).

Pontos mais negativos? Esqueceram-se do Temporary Peace e tocaram menos de 4 horas... :P

A ouvir: Anathema - Hope

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
18 solitariedades alheias:

M disse...

Ehehehehe Estou a ver que não sou a única que sabe escrever ;) (Nem acredito que me esqueci na minha review da parte do medley instrumental de Metallica! Bahaaaa)

6 de maio de 2009 às 10:44
Requiem disse...

Não te podias ter lembrado de tudo :)

6 de maio de 2009 às 10:45
M disse...

Claro. Foi por isso que te levei. ahahahah

6 de maio de 2009 às 10:49
Bola Oito disse...

:)

Tb tenho de deixar o meu comentário aqui.

Grande, grande concerto. Fenomenal!

6 de maio de 2009 às 10:57
Requiem disse...

M: Olha...foi bem pensado!!!

Nola Oito: Foi bom sim senhor...

6 de maio de 2009 às 11:00
M disse...

A ouvir: Anathema - Hope
Bela coincidência ;)

6 de maio de 2009 às 11:07
Requiem disse...

Ainda não consegui deixar de ouvir os gajos :P

6 de maio de 2009 às 11:17
Djinn disse...

É bem verdade Anathema é excelente, mas também adorei Corvus Corax :)

6 de maio de 2009 às 12:34
Requiem disse...

Pois...mas esses quando vieram cá eu não soube...e este fui ver...e foi muito bom!!!!!

6 de maio de 2009 às 12:34
Gugui disse...

Então vens para o lado certo da margem e nem convidas para um café? :P
Chamam-lhe "deserto", mas depois caem cá todos na salinha mística! :P:P:P

6 de maio de 2009 às 12:44
Requiem disse...

Gugui: Oh moça...fui a correr, nem dava tempo. E eu nunca disse que o "deserto" era mau :) :) :)

6 de maio de 2009 às 13:31
Bola Oito disse...

http://bola-oito.blogspot.com/2009/05/catarse-suprema-arrebatadora-e.html

6 de maio de 2009 às 14:21
Requiem disse...

Bola 8, já tinha lido...mas obrigado...mto bom :)

6 de maio de 2009 às 14:33
Gugui disse...

Oh moço, tou no gozo, eu também não estava em casa :D:P

6 de maio de 2009 às 14:43
sessaoexperimental disse...

ou seja foi espectacular...nada que não esperasse....ehehehhe....\m/

6 de maio de 2009 às 23:53
Requiem disse...

Sessão: Foi brutal man...devias ter ido connosco...

7 de maio de 2009 às 13:30
Anónimo disse...

pra mim vai ser simplesmente memoravel... margôt

7 de maio de 2009 às 22:46
Requiem disse...

Anónimo: O quê????

8 de maio de 2009 às 10:31
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)