Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

23 de setembro de 2009
Muito Obrigado
Ao senhor (ou senhora) que decidiu que o capot do meu carro era um bom sítio para sentar o meu muito obrigado.

É do fundo do coração que lhe digo que se o tivesse apanhado lá tinha levado uma carga de porrada à moda antiga, mas ainda bem que não o apanhei pois com a nova amolgadela o carro parece muito mais aerodinâmico.

Mais uma vez, o meu obrigado.

A ouvir: Nile - Kem Khefa Kheshef

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
10 solitariedades alheias:

NI disse...

Eu não fui. Só para que dúvidas não subsistam.

23 de setembro de 2009 às 15:15
Otto Pluma disse...

Há males que vêm por bem. Esse foi um deles. Amolgadela aerodinâmica. Gostei dessa :)

23 de setembro de 2009 às 15:28
Sadeek disse...

Maravilha hein, shôr Requiem...tudo lhe corre cinco estrelas, tá visto!!!

É caso para dizer quando um gajo está na merda até um cão lhe mija em cima...

Vai à bruxa meu....

ABRAÇOOOOOOOOOOOOOO

23 de setembro de 2009 às 15:36
Requiem disse...

NI: Eu desconfiava que não tinhas sido, agora tenho certeza :)

Otto: Gostaste? Deve ter sido por não ser no teu carro, que eu não gostei lá muito :) :) :)

Sadeek: Se a coisa continua assim podes crer que vou...

23 de setembro de 2009 às 16:01
NI disse...

Quando falaste em amolgadela aerodinâmica vi logo que não podia ter sido eu. É que, convenhamos, as minhas formas são tudo menos aerodinâmicas, ahahahahahah

23 de setembro de 2009 às 16:05
Requiem disse...

NI: Deixa lá que a do meu carro também é bem redondinha... :P

23 de setembro de 2009 às 16:07
sessaoexperimental disse...

ai e tal que não podem se encostar ao meu carrinho..dasss...menino!!!

para quando a porrada no gajo? ;)

23 de setembro de 2009 às 22:24
Otto Pluma disse...

A expresão "gostei dessa" referia-se, por sua vez, à expressão "amolgadela aerodinâmica". Quanto à ocorrência em si, estou plenamente solidário contigo, não me tivesse acontecido o mesmo há umas semanas atrás :)

24 de setembro de 2009 às 09:16
cadu1981 disse...

aquilo deve ter sido um pinanço... so assim se consegues aquela forma mais perfeita...

24 de setembro de 2009 às 09:52
Requiem disse...

Sessão: Se eu descobrir quem foi é logo na hora...

Otto: Eu percebi ;)

Cadu: Não deve ter sido...não me parece uma posição apropriada (leia-se a posição em que o carro estava)

24 de setembro de 2009 às 11:30
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)