Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

16 de outubro de 2009
Roam-se de inveja!!!!
Chama-se Nana (七 - 7 em Japonês para quem não sabe) e é linda...



Chegou ontem e promete muita brincadeira...

Para quem estiver a pensar em adoptar um animal, aconselho que visitem este site.

E se estiverem a pensar em comprar um animal...SHAME ON YOU!!!

A ouvir: Rhapsody - Queen of the Dark Horizons

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
Etiquetas:
12 solitariedades alheias:

reguila disse...

de facto... uma delícia !!

e eis uma excelente iniciativa - adoptar animais !

migo, deixaste-me a pensar nisso desde o dia em que me mostraste o site.

parabéns aos meninos !

16 de outubro de 2009 às 16:43
Djinn disse...

Tu sabes o quanto adoro gatos, muito mais que cães, e só não tenho um porque para mim um animal faz parte da família e infelizmente não tenho tido vida para o ter..apesar dos milhões de pedidos do Rodrigo. Quando tiver possibilidades é trigo limpo ;)

16 de outubro de 2009 às 16:54
M disse...

Chegou ontem mas já é dona da casa!!! :) Não me larga, só quer mimo e tentou salvar-me dessa coisa perigosa chamada tomar banho!!! ehehehe Por isso, sim, reguila, é uma excelente iniciativa e... uma excelente surpresa!!! ;) Queres ser a 2ª madrinha da nossa Nala? :) Assim habituas-te :)

16 de outubro de 2009 às 17:19
Ravhin disse...

hmmm umasoooou !

16 de outubro de 2009 às 18:05
Cristina disse...

Giro giro vai ser quando ela começar a largar pêlo e a miar a meio da noite porque lhe apetece.

Um conselho de alguém que há 10 anos adopta gatos: não lhe compres uma coleira com sininhos. É a pior idiotice que fazes na vida: os sininhos são insuportáveis quando às 2 da manhã o raio do bicho se lembra que é uma boa hora para 'tomar banho' ou coçar uma orelha.

Tirando isso... é lindaaaaaa!! :))

16 de outubro de 2009 às 21:09
Arcanjo disse...

muito bonita, bem pensado a adopção é sempre boa...

mas não esqueçam as regras de adoptar um animal...não se é dono é se cumplice e companheiro mantenham-lhe a liberdade e sintam se lisonjeados da partilha e não donos...

Mas mais importante ainda...no caso de animal adoptado pensem ainda mais 2 vezes as regras são as mesmas de qualquer animal que se permite a companhia...mas muitos dos animais adoptados são ainda mais dependentes e precisam ainda mais de atenção... Adoptar animais sim mas para a vida. Parabéns pelo commitment mas lembrem se é um commitment ele estará sempre lá e voces não devem deixar de estar mesmo quando ele já não for o dono da casa mas apenas um velho que se arrasta pelo canto...

felicidades a vossa nova companheira e pensem nela a cada passo pois agora voces são mais.

abraço

17 de outubro de 2009 às 12:39
sessaoexperimental disse...

que cena tão panisgas..dasss!!! :D

18 de outubro de 2009 às 13:03
Vampira Dea disse...

Que linda! E ponto pra vc por ter adotado uma fêmea. Eu tenho um igualzinho chamado Conde Bôris, tenho fotos no blog, tb foi adotado.

18 de outubro de 2009 às 23:16
Requiem disse...

Reguila: Então já sabes onde tratar da "coisa"... :)

Djinn: É esperar...

M: EH EH EH EH EH

Ravhin: What?

Cristina: Tem um guizo sim senhora, para a conseguirmos encontrar...

Arcanjo: Por acaso acho que é mais ela que nos deixa ser parte da família.

Sessão: É um bocadinho, não é? :)

Dea: O Boris também é muito giro :)

19 de outubro de 2009 às 10:36
Sadeek disse...

Pois...eu é mais gatas de duas pernas mesmo...HAHAHAAHAH

ABRAÇOOOOOOOOOO

22 de outubro de 2009 às 10:07
eu... disse...

Que linda, os gatos são do melhor para se ter em casa! "Tenho" dois, boa sorte com ela.

23 de outubro de 2009 às 11:57
Requiem disse...

Sadeek: Essas também são fixes, mas dão muito mais trabalho :)

Eu...: Eu só tenho esta, próximo passo...um Rotti :)

4 de novembro de 2009 às 11:42
Enviar um comentário

Mensagem mais recente
Mensagem antiga
Página inicial
Subscrever: Enviar comentários (Atom)