Quem sou eu?
A minha fotografia
Requiem

Pessimista e negativo por natureza, cheio de energia e sempre stressado ou a correr de um lado para o outro. Tenho tendencia a tentar fazer tudo o que me interessa, o que me leva a deixar muitas coisas a meio. Apaixonado pelo Japao e tudo o que com ele esta relacionado.

Ver o meu perfil completo
Etiquetas
Avulso (232)
Blogs (53)
Google (12)
Leituras (28)
MP3 (38)
Parvoeiras (307)
Pensamentos (122)
Refilanços (139)
Free Twitter buttons from languageisavirus.com


Stalkers

A ler
A ler
Na lista de espera
A Arte da Guerra - Sun Tzu

A Conspiração - Dan Brown

A Fórmula de Deus - José Rodrigues dos Santos

A Rapariga que Inventou um Sonho - Haruki Murakami

A Senhora das Especiarias - Chitra Beneju Divakaruni

A Vida de Pi - Yann Martel

Eclipse - Stephenie Meyer

Fernão Mendes Pinto no Japão - Wenceslau de Moraes

Geisha - Liza Dalby

Kimono - Liza Dalby

O Culto do Chá - Wenceslau de Moraes

O Código D'Avintes - Vários Autores

O Direito a Ser Canhoto - Manuel Coelho dos Santos

O Disco de Jade/Os Cavalos Celestes - José Frèches

O Nome da Rosa - Umberto Eco

O Principezinho - Antoine de Saint-Exupéry

O Zen na Arte de Conduzir a Espada - Reinhard Kammer

Olhos Azuis - Jermos Charyn

Sandworms of Dune - Brian Herbert, Kevin J. Anderson

Selected Tales - Edgar Allan Poe

Spirits of the Dead: Tales and Poems - Edgar Allan Poe

The Children of Húrin - J. R. R. Tolkien

The Last Kingdom - Bernard Cornwell

Um Estranho num Terra Estranha - Robert A. Heinlein

Young Samurai: The Way of the Warrior - Chirs Bradford

Zen e a Arte do Tiro com Arco - Eugen Herriger

13 de setembro de 2010
Sugestões ao Zoo de Lisboa
Aos senhores do Zoo que tão bem têm conseguido melhorar as condições dos animais e o espaço que há alguns anos estava em via de se perder.

Façam-me um favor. Nos vidros, onde colocaram (e bem) os aviso onde se pode ler "Não toque nos vidros por favor" sugiro que coloquem igualmente um bonequinho a exemplificar o que não se deve fazer. É que as crianças não sabem ler e pelo que testemunhei ontem os pais também não.

Outra sugestão é que adicionem o texto para "Meus atrasados mentais, não batam na porra do vidro" e talvez assim consigam atingir alguma da população que vos visita e que aparentemente não se sensibiliza com o "por favor".

Finalmente, caso nenhuma destas opções resulte, sugiro que não alimentem os animais durante um dia...quem sabe uma bela dentada num visitante mais atrevido faça maravilhas.

E lembrei-me agora de uma outra opção...que acham de criar um grupo de colaboradores, munidos de varas de marmeleiro, para açoitar quem não cumprir as regras que estão bem explícitas? Se precisarem de voluntários contem comigo...

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas: ,
28 de junho de 2010
Coitadinha da BP


Diz o Publico que o derrame no Golfo do México já custou à BP 2.1 mil milhões de Euros.

Eu cá olho para as fotos do derrame e tenho cá uma pena deles que nem imaginam...

A ouvir: Nightwish - Ever Dream

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
24 de junho de 2010
Onde é que este senhor esteve???
O artigo do Sr. João Pedro Barros no Público fez-me ficar a pensar que das duas uma. Ou o concerto no Porto foi muito diferente do de Lisboa ou o Sr. Barros se enganou no sítio e foi parar a um concerto totalmente diferente...

Ora então:

“Are you ready to rock and fucking roll?”, perguntava Slash ao público, ainda antes do primeiro acorde do concerto


Cá em Lisboa nitidamente não foi ele...e pelos comentários da malta do Porto, lá também não...

Para azar de Slash, os anos 80 já passaram e o que de mais inventivo se faz na música moderna segue o caminho oposto ao virtuosismo pelo virtuosismo


Ah pois passaram...mas o que o senhor não se apercebeu de certeza é que o Slash não faz música moderna...faz rock & roll.

recordar músicas dos Guns N’ Roses, recebidas com um entusiasmo incomparavelmente superior


Cá em Lisboa nem por isso, perto de mim até havia malta que não conhecia a Civil War...

As t-shirts de Scorpions e AC/DC, bem como de bandas mais recentes como os Tool, ajudam a caracterizar esse público


Então e as pessoas de camisa que nitidamente saíram do emprego para ir lá? E já agora Sr. Barros, os Tool foram formados nos anos 90...mas pronto...

Depois, houve as costumeiras “festinhas” ao público: a bandeira de Portugal foi agitada depois de Sweet Child o’mine e foi ainda mostrada uma camisola do FC Porto com o nome de Slash


Claro. É muito melhor quando uma banda não interage com o público. Cá em Lisboa deram-lhe uma bandeira do Brasil e o Myles Kennedy até teve a decência de dizer enquanto a guardava sem a mostrar muito..."sorry, it will get me killed". Para mim isto é profissionalismo e saber onde se está a tocar...

uma boa surpresa: uma versão de Communication breakdown, dos Led Zeppelin (impressionante a forma como Slash executou o solo por trás das costas). Talvez tenha sido esta a maneira encontrada pelo músico para justificar a desinspiração que revela no seu disco a solo, enquanto compositor: já não há riffs memoráveis no mercado, porque Jimmy Page, fundador dos lendários britânicos, já os inventou todos.


Mas isto saiu de onde? Oh Sr. Barros, esqueça lá o facto de nos últimos anos continuarem a surgir no "mercado" riffs brutais, memoráveis e originais...

Pensando melhor, o Sr. Barros devia estar chateado, porque deveria querer ir jantar a qualquer lado e obrigaram-no a ir fazer a cobertura do concerto...

A ouvir: Slash - Watch This

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Velhos são os trapos...
E este senhor provou-o ontem...



Se quiserem procurar estou algures ali na terceira fila ou coisa que o valha...

A ouvir: Slash - Sweet Child O'Mine (Cover)

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
23 de junho de 2010
Exercício de lógica
Será difícil de perceber isto?

Se inserires o valor A, o valor de B passa a ser o valor de A.
Se inserires o valor B, não alteras o valor de A (sendo que é impossível inserir B sem inserir A).

Ao apresentar os dados na situação X, deves apresentar o valor B. Caso não exista valor B apresentas o valor A.
Na situação Y apresentas por o valor B, se o utilizador carregar no botão Z, passas a mostrar o valor A. Se voltar a carregar mostras novamente o B e por aí fora...

É que já expliquei isto umas 10 vezes hoje e vem sempre errado...

A ouvir: Slash - Godfather Theme

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
21 de junho de 2010
Ela não tem culpa, mas...
...cada vez que no "Achas Que Sabes Dançar" o Manzarra diz o nome da concorrente "Inês Afflalo (acho que é assim que se escreve) só me vem à cabeça sexo oral!

E só penso em frases como "Olha, agora é a Inês Afflalo" ou "Lá está a Inês Afflalo"...

Conlusão...tenho uma mente extremamente porca!!!!

PS: E para mim ganhava a Rita "Spider". Já nos tempos idos do final dos 90s ela dançava como o catano!!!!

A ouvir: Paradise Lost: Once Solemn

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
8 de junho de 2010
Papice final (ou então não)
Continuo a achar que o Papa tem ar de ser do demo!!!!!!



Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Cupcakes


Alguém me consegue explicar o fascínio que por aí anda com isto? Será que sou o único que achas que são apenas queques com coisinhas por cima?

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
1 de junho de 2010
Os malefícios do Iaido
Acho que ao fim de não sei bem quantos anos acabei de descobrir o primeiro efeito negativo que o Iaido teve na minha vida...

Aparentemente desenvolvi uma tendência para ao cruzar-me com alguém, deixar essa pessoa passar do meu lado direito. O problema é que o resto das pessoas tem exactamente a tendência contrária (deixar passar pela esquerda).

A consequência é volta e meia andar a "dançar" com as pessoas nos corredores...

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
1 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
25 de maio de 2010
Ultrapassar-se a si mesmo...
..na área da cabeça no ar é...

Ir à Worten comprar um micro ondas, sair de lá com um carregador de pilhas, um cabo HDMI e não ver sequer os micro ondas.

Em minha defesa tenho a dizer que a culpa foi dos gira-discos...

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
4 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
24 de maio de 2010
Eu cá estou do lado dos bois
Segundo o Publico este fim de semana durante as tradicionais largadas de touros na Moita houve um morto e quatro feridos.

Com o devido respeito para as respectivas famílias...só é pena é não serem mais!

Mas pronto, de certeza que quem lá andou está certo da prova de masculinidade que são estas coisas e da importância de manter as tradições.

Eu por mim, no que toca a tradições, alinhava era no regresso da tradição das sopinhas de cavalo cansado...

A ouvir: The Gathering - Adrenaline

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
18 de maio de 2010
Vergonha?
Vergonha é roubar e não conseguir fugir...

Diz o Mourinho (aqui) que até tem vergonha do que ganha.

A minha primeira reacção foi enviar-lhe o NIB, para ele transferir o "excesso", mas depois acabei por pensar que se calhar o homem até não está a ser tão hipócrita como isso.

Tudo bem que (pelo que sei) não dá nada a ninguém, não criou nenhuma fundação para apoiar uma qualquer causa, mas isso não implica que não possa sentir alguma vergonha de ganhar o que ganha. É que eu faria o mesmo, se há patos suficientemente parvos para me pagarem uma quantia disparatada para fazer algo, porque raio não devia aceitar?

Se há quem deva ter vergonha realmente é quem está disposto a pagar o que se paga a esta gente do futebol, e os que todas as semanas lá vão ao estádio largar mais uns cobres valentes e que acham normal que se paguem milhões para dar pontapés numa bola. Essa malta é que devia ter vergonha de ser tótó e andar a encher os bolsos dos outros...

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
5 de maio de 2010
Mais Papices
E porque é que ninguém teve direito a tolerância de ponto quando o Dalai Lama visitou Portugal?

No papel parece que somos um estado laico mas quando vamos ver continuamos sob o jugo da igreja católica.

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
4 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
4 de maio de 2010
Papices
Assim de repente, com o dinheiro que se gastou em cartazes espalhados por Lisboa a dar as boas vindas ao Papa, inclusive uma aberração no Marquês de Pombal do tamanho da fachada de um edifício, não se teria conseguido comprar umas quantas refeições para quem delas precisa?

Mas isto sou eu, que não percebo nada de religião e essas coisas de dar aos necessitados...

A ouvir: Within Temptation - Forgiven

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
0 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
29 de abril de 2010
Pavilhões
Conhecem alguma escolas/entidades/o que quer que seja que alugue pavilhões (não precisam de ser muito grandes) para prática desportiva na zona de Lisboa?

Então façam um favor ao menino e contactem-me.

Obrigado

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
4 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Enjoy it...
Volto brevemente só para dizer que espero que venham a apreciar os vossos condomínios fechados novos. Que espero que tenham uma piscina boa. Que espero que não venham a ter problemas de infiltrações nas casas de banho nem problemas nas portas das garagens.

Mas acima de tudo...que vão para a puta que os pariu....e muito obrigadinho por tudo.

Falou-se muito ontem de Portugal na bancarrota, pelo menos na bancarrota moral já estamos.

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
2 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas: , ,
17 de fevereiro de 2010
Já está!!!!
Parece que foi só fazer um bocadinho de força e pronto...o puto já cá está.

Agora é controlar a ansiedade e esperar que a reunião não demore muito para poder ir a correr para lá.

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
5 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Etiquetas:
Em directo...
Ponto 1: Ao contrário do que se calhar pensavam não estou morto...apenas ausente (depois explico).

Ponto 2: Em directo, e em última hora...a minha irmã já está no hospital.

VOU SER TIO!!!

Visita também o meu outro estaminé.
Uma solitariedade de Requiem
3 solitariedades alheias
Links para esta mensagem
Mensagens mais recentes
Mensagens antigas
Página inicial
Subscrever: Mensagens (Atom)